Chá de Maracujá: capítulo 1


1887, Realeza é uma cidade de apenas 5 mil habitantes. A base econômica da cidade é a agricultura onde o maracujá é o principal produto de venda.
-sinhazinha, acorde, ocê tem que ir pa escola!
– Ho mafé, eu estou com sono, eu não quero ir hoje.
Mafé era uma escrava que cuidava de Manuela que tinha 19 anos, a filha do barão mais rico da cidade: Afonso Goulard.
Mafé: ocê tem que acordar, ou não quer ver o Guilherme hoje?
Naquele momento Manuela levantou-se rapidamente:
-Com certeza!! Eu quero muito.
Mafé: Então vamo tomar banho.
Ao terminar de se arrumar, Manuela desce as escadas para tomar café, e encontra seus pais na mesa:
-Bom dia bela adormecida, pensei que não ia descer.
Era Maria, mãe de Manuela e baronesa da cidade.
Manuela: Bom dia mãe. Bom dia pai.
Afonso: Bom dia Manuela. Vamos, coma logo que o xulapa já está lhe esperando lá fora para lhe levar à escola.
Ao tomar café, Manuela entra na charrete.
Afonso: Manuela, não se esqueça que hoje a família Guimarães vem jantar conosco, não se atrase.
Leonel Guimarães era filho do advogado mais conseituado da cidade, Marcos Guimarães.
Ao chegar na escola, Manuela se depara com a sua melhor amiga sendo hulmilhada por alguns garotos:
– hahaha, olha a filha da costureira,hahaha.
-Parem!!!! (gritou Manuela).

Eu não vou permitir que vocês humilhem a minha amiga. Vamos, saiam daqui, agora.
Ao sairem, Manuela tenta consolar Joana que estava chorando:
– Oh minha amiga, não chore,não deixe esses idiotas pisar em você.
Joana: eu não aguento mais manu,ver eles me humilhando, eu não aguento mais.
Manuela: eu tive uma ideia.kkkkkkkkkkkkkk.
Joana: o que?
Manuela: deixa, amanha, na apresentação do coral da escola na igreja eles vão ter uma surpresa.
Na rua, Mauro, irmão de Leonel que era conhecido por sua homosexualidade começa a dar suas cantadas:
-ui!!! Eita gostosura. Nossa, lindão, ai se eu te pego.
– Santo pai, eita que esse garoto não se toca. Mauro , para com isso!
– Mauro não, xôxana, não me ofenda sua magrela.Runn.
– Oh Cristo!!Ele me chamou de magrela.Você não faça eu rebolar esse salto na sua cara, sua bixa loca.
Xonana: pois vem sua vaca, que com mulher eu sei me virar. Runn.
-Ahh, toma sua vaca, ai, pega, toma, eu vou acabar com essa raça. Morte as mulheres!!ai.
Madalena: Ai, polícia, esse viado, toma sua cadela.
Xoxana: Cadela não, ahh.

-Parem com isso!!!

Era Chico, o delegado da cidade e pai de Madalena.
-o que é isso aqui?
Xoxana: Foi ela delegado, nojenta.
Madalena: Ah é? pois agora tu vai ver sua bixa.
Chico: para, agora!! Vocês não tem vergornha? Vocês brigando no meio da rua, a cidade toda olhando.
Xonana: Ora, cale a boca, seu velho.
-OOOHHHHH.
Chico: ah é? pois agora tu me paga.
Xoxana: socorro. mãe, paiê, me salva, ai que dor.(Gritava preso na delegacia)
Na escola, ao terminar a aula, Manuela corre para a fazenda para se encontrar com Guilherme.Guilherme era escravo branco de Afonso:
Manuela: oi meu amor, estava morrendo de saudades.(começam a se beijar)
Guilherme: se você soubesse o tanto que eu te amo,não dar pra medir.
Ao estarem se beijando, eles são supreendidos:
-Manuela!!!
Manuela: pai?

Afonso:Eu já não disse que eu não te queria com esse escravo branco?

Guilherme: Seu barão, eu posso explicar, fui eu que beijei ela.

Afonso: apesar de ser escravo ainda e ousado. Vamos, capitão do mato!!!! Vamos, você não tava querendo bater em alguem, então vamos, 50 chicotadas nesse verme agora. Hoje vai ter festa, e ele vai ser o protagonista principal.

Capitão do mato: Sim senhor, vou adorar bater nesse verme.

Manuela: Não papai, não faça isso, eu amo ele!!!
Afonso: Cala boca!! (falou dando um tapa em manuela). Capitão do mato,m leva ela pra casa.

Manuela: não, não, por favor papai.( gritava sendo levado por ele)
Capitão do mato: vamos garota!!

Na festa

Todos estavam reunidos para assistir  Guilherme ser espancado no tronco, escravos, e a família  do barão, e principalmente Manuela que estava aos prantos.

Já amarrado no tronco, Guilherme recebeu uma proposta de Afonso:

– se você se ajoelhar perante mim, eu te livro desse castigo, vamos, ajoelhe-se!!!!

Guilherme: nunca seu porco!!!

Afonso: desgraçado!!!(gritou dando um chute em guilherme). Vamos, 100 chicotadas, agora.

Manuela: nãoooo!!!

NOVELA DE YKARO YSMAEL

Sobre pdtvaudiencia

você sempre mais informado

Publicado em outubro 8, 2012, em Audiência Detalhada, Audiência Detalhada. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: