Autor Tiago Santiago entrega novela completa ao SBT; entenda


https://i1.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/61c3c71096cab09561e3c14e8b15ce67.jpg

Afastado da TV desde janeiro do ano passado, quando “Amor e Revolução” saiu do ar, Tiago Santiago entregou nesta semana uma novela completa ao SBT.

O autor encaminhou à alta cúpula da emissora toda a história e todos os capítulos de um folhetim que já vinha desenvolvendo há alguns meses juntos aos seus colaboradores. Ainda não há mais informações acerca da história, mas cogita-se que seja o projeto de “O Superpoder do Amor”, o qual inclusive já conta com seu título e outras variáveis registrados junto aos órgãos competentes.

Ainda não há a mínima previsão para que esse projeto saia do papel. Com a estreia de “Chiquititas” prevista para julho, sabe-se que dificilmente uma nova trama irá ao ar até a metade do ano que vem.

Além disso, ainda existem projetos como o do remake de “Carinha de Anjo” e “Patinho Feio” que possuem preferência por parte do SBT devido aos custos serem mais baixos e à aceitação que o público infantil tem mostrado às produções da casa.

Essa é a primeira vez em sua carreira que Tiago Santiago entrega uma novela totalmente fechada a uma emissora. O roteirista, que já emplacou sete novelas solo de 2004 para cá, sempre teve margem para acompanhar o comportamento do telespectador para efetuar as mudanças necessárias.

Em tempo:

Contratado do SBT desde julho de 2009, Tiago Santiago tem sua permanência no canal considerada incerta. A Record tem interesse no regresso do autor, responsável pelos maiores sucessos da rede, porém não estaria disposta a arcar com a multa rescisória ou em propor a ele o mesmo salário que ele recebe na emissora de Silvio Santos.

O SBT, em contra-partida, quer mantê-lo em seu casting porém as condições de renovação ainda não foram apresentadas.

Quando contratado, Santiago tinha como meta produzir quatro novelas no SBT. Entretanto, apenas “Uma Rosa com Amor” e “Amor e Revolução” saíram do papel.

“Uma Rosa com Amor” teve índices crescentes em seu decorrer porém o mesmo não ocorreu com “Amor e Revolução”, primeiro grande revés da carreira solo do roteirista. A trama teve altíssimos custos de produção e baixo retorno, desencorajando investimentos similares.

Sobre Administração

Grupo responsável pela marca ACSMtv e seus parceiros.

Publicado em abril 23, 2013, em Npotícias e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: